Com sede na Holanda, a propriedade rural de Anton Stokman é líder em bem-estar animal.

A propriedade rural emprega um sistema de livre escolha que permite que o rebanho de 180 vacas faça o que quiser com seu próprio tempo. As camas d’água e a ordenha robotizada mantêm as vacas felizes e saudáveis, enquanto banhos regulares nas patas e cuidados profissionais com as patas mantêm a incidência de claudicação em níveis muito baixos.

Sustentabilidade e proteção ambiental também são questões-chave, e a Fazenda Stokman foi a primeira unidade de laticínios da Holanda a ser credenciada com o Green Facility Mark, um prêmio concedido pelo governo para novas soluções para desafios ecológicos.

“O programa Flagship Farmers [produtores pioneiros] me oferece a oportunidade de me informar sobre a maneira como o McDonald's está olhando para a agricultura, os alimentos e os negócios. Uma coisa que aprendi foi, por exemplo, a importância de ter orgulho da sua empresa.”

Anton Stokman Laticínios, Fazenda Stokman, Holanda

Principais áreas da prática sustentável

Certificação e garantia

A propriedade rural é membro do esquema de garantia agrícola Foqus, que é auditado e certificado por uma organização externa e abrange aspectos fundamentais, como segurança alimentar, saúde e bem-estar animal.

A propriedade rural de Anton foi a primeira unidade de laticínios da Holanda a ser credenciada com o "Green Mark Facility". Trata-se de um credenciamento do Departamento de Meio Ambiente do governo holandês que premia a melhor solução ambiental para um problema.

A propriedade rural é membro do esquema de garantia agrícola Qarant, um sistema com inspeção externa que abrange aspectos fundamentais, como segurança alimentar, saúde e bem-estar animal.

Saúde e bem-estar animal

A propriedade rural introduziu a ordenha robotizada há mais de 14 anos. Anton acredita que um dos benefícios mais importantes do sistema é que ele dá às vacas “liberdade de escolha” quanto ao momento em que querem ser ordenhadas e permite que elas usem seu tempo como quiserem. Essa tecnologia melhorou a produção de leite e a saúde animal, reduziu as contagens de células somáticas e eliminou a necessidade de mão de obra necessária para a ordenha.

Camas d’água com duas câmaras estão instaladas em todos as baias, aumentando o nível de conforto das vacas e reduzindo lesões, como edemas ou lesões dos jarretes. A pesquisa mostra que as vacas precisam permanecer deitadas de 10 a 12 horas por dia (Albright, 2003), o que torna esse ambiente de repouso confortável primordialmente importante. O colchão d’água também reduz o espaço de cama necessário por vaca e se mantém mais limpo e mais higiênico do que outros sistemas.

Os corredores de passagem são submetidos a raspagem automática a cada hora, o que limita o tempo durante o qual o lodo acumulado pode liberar amônia, reduzindo as emissões de nitrogênio.

O banho semanal nas patas de todas as vacas e o corte profissional dos cascos três vezes ao ano estão na vanguarda dos cuidados com os animais e, em consequência deles, a incidência de claudicação é muito baixa no rebanho. A propriedade rural reconhece que o controle e o tratamento têm importância crucial, pois a claudicação é um dos principais problemas de saúde e bem-estar animal do setor de produtos lácteos na Europa.

No verão, pastagem ao ar livre é oferecida para as vacas; que podem acessar a área externa quando querem, mais uma vez por “livre escolha”.

A propriedade rural usa o sistema COWEL, um programa de computador que calcula uma pontuação com base em uma avaliação do abrigo individual dos animais e do sistema de manejo. A pontuação mostra até que ponto o sistema é benéfico para a saúde e o bem-estar das vacas. A propriedade rural de Anton atingiu 265 pontos em uma pontuação máxima de 313.

O sêmen para inseminação artificial é selecionado cuidadosamente para complementar o potencial genético da mãe e minimizar as dificuldades de parto.

Biodiversidade e ecossistemas

A propriedade rural tem 34 hectares de "campos naturais" para a alimentação de gansos selvagens migratórios durante o inverno, oferecendo uma importante fonte de alimento para essas aves.

O piso antiderrapante sulcado reduz a emissão de amônia do lodo e, graças à remoção do lodo a cada hora, diminui em 30% as emissões de amônia do lodo acumulado nos corredores de passagem dos animais.

A adição de um tapete de ripas revestido de borracha patenteado que se adapta ao concreto ranhura do proporciona uma superfície acolchoada para as vacas andarem, e o projeto exclusivo limita o escape de gás de amônia dos tanques de lodo.

Mais informações sobre o caso de Anton Stokman

Explore o estudo de caso, no qual você encontrará mais detalhes sobre o desempenho da propriedade rural à luz das normas e dos critérios de boas práticas do programa, sobre o que levantamentos de terceiros revelam sobre as ações do produtor e como o aumento da sustentabilidade o beneficia.

Leia o estudo de caso completo (PDF, 3,8MB)

“A unidade de laticínios de Anton adota muitas boas práticas cujo foco não se limita a apenas uma área do negócio. O bem-estar das vacas é obviamente um dos aspectos mais relevantes, com o sistema de “liberdade de escolha” de Anton, que permite que cada vaca escolha o que quer fazer e quando, e um ambiente projetado para melhorar o bem-estar e a saúde das vacas. Reduzir as emissões de amônia é um elemento importante para o setor pecuário da Holanda, e a propriedade rural vem implementando formas inovadoras de fazê-lo. Anton tem uma visão nova e um compromisso com a viabilidade em longo prazo da indústria de laticínios, o que é ótimo de ver.”

Karl Williams Diretor de Operações, Fazendas FAI